4 dicas para tratar as dores musculares Pós-Treino

Por Jordana Amaral Publicado em: 17 de agosto de 2017 às 14:38.

Tags: dicas, para, tratar, dores, musculares, treino,


 

 

Se você está começando uma nova atividade física ou voltando depois de um tempo parado, não tem como fugir das dores musculares. Isso acontece porque quando os músculos são submetidos a forças isso causa pequenos rasgos nas fibras musculares.

 

Durante o período de recupeção é quando o corpo repara estas fibras e cria novos vasos sanguíneos para a área estressada. É durante esse período também, que os componentes de  geração de energia das células desenvolvem uma melhor capacidade de trabalho.

 

É bom ressaltar que tudo isso acontece se você tiver o descanso e a recuperação adequadas. Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar nessa recuperação, confira.

 

 

TRATE ATRAVÉS DA NUTRIÇÃO

O ideal após quaisquer atividades físicas é se alimentar. Você tem até duas horas para absorver de forma mas eficiente energia e como consequência combustível para o reparo muscular. Caso você não consuma nenhum aliemnto, você não terá energia suficiente de carboidratos para o próximo treino, e certamente não terá a proteína que precisa para reparar os músculos.

 

HIDRATAÇÃO

Já mostramos aqui inúmeras vezes a importância de se hidratar, e quando se trata de recuperação beber água é um dos seus maiores aliados. Durante as atividades físicas tente ingerir 600ml de água por cada hora de prática. Se algumas horas após o treino a sua urina estiver amarelo escura, signiica que você não está se hidratando de maneira adequada.

 

COMPRESSÃO

Se você realizar um breve desaquecimento depois de um treino, ajudará a contrair os músculos e drenar o excesso de fluidos geradores de dor. Diferentes técnicas podem te ajudar nessa tarefa, como massagem, usar uma bola de tenis para comprimir os músculos. Essas dicas podem te ajudar a mover os fluidos inflamatórios fora do músculo.

 

MELHORANDO O FLUXO SANGUÍNEO

A circulação do sangue dentro e fora de uma parte do corpo que ficou sob estresse melhora a velocidade de recuperação. Existem algumas técnicas que podem melhorar o fluxo sanguíneo, como por exemplo o desaquecimento após o treino com uma caminhada leve ou um passeio de bicicleta. Vestir roupas de compressão e fazer alongamentos após os treinos são exemplos para ajudar no fluxo sanguíneo. 

Deixe seu comentário



Assista aos programas