Gracias Buenos Aires!

Por _BemFeminina Publicado em: 05 de agosto de 2013 às 17:15.


Estive em Buenos Aires em 2008, em pleno inverno, aliás, a melhor época para visitar a cidade, que é dotada de um charme singular. É conhecida como a “Europa da América” tanto pelo clima quanto pela arquitetura. A diferença é que, por ainda se tratar da América do Sul, todo o calor da hospitalidade e bom humor dos argentinos, se conservam, tornando a viagem ainda mais agradável.  A culinária, o ar europeu e as opções de compra não são os únicos encantos da terra do tango, que esbanja riqueza cultural. Que tal viajarmos um pouco por nossa encantadora vizinha argentina?

 

Hospedagem é tudo!

 

Ficar em um hotel bem localizado é parte importante de tornar a viagem ainda mais proveitosa. O ideal é se hospedar próximo à rua Florida, umas das principais e mais charmosas de Buenos Aires, rodeada de galerias, lojas, cafés, bancas de flores e onde também é possível ver apresentações de tango e música livres.

 

Lugares encantadores

 

Apenas uma noite no Sr. Tango já vale toda a viagem. A apresentação acontece em um círculo central e os expectadores ficam envolta em vários andares de camarotes assentados em grandes mesas redondas postas com taças de cristal e guardanapos de pano fino, ao sabor de boa picanha argentina, vinhos e sobremesas acompanhados de um espetáculo de música, dança e teatro absolutamente inesquecíveis. Não é atoa que celebridades brasileiras como Pelé e Hebe Camargo adoravam frequentar o lugar.

 

O Cassino de Buenos Aires é incrível porque é flutuante, isto é, foi construído como uma espécie de navio sobre o mar, atracado. Lá dentro, vários andares com grandes salas encarpetadas, recheadas de roletas de jogos, e homens portando “míseros” Rolex no pulso, degustando bons uísques e apostando milhares de pesos (moeda argentina) em poucos minutos.

 

Caminito é uma espécie de feira artesanal, é recheada de pequenos restaurantes com casais dançando tango, e lojas que vendem tudo o que é relacionado à cultura local como peças em couro, e várias lembranças para trazer de presente.

 

O Estádio La Bombonera, casa do aclamado time de futebol Boca Junior’s, onde se relevou o jogador Maradona, grande ídolo do país, a Casa Rosa Presidencial, e a Igreja Matriz, também são paradas obrigatórias do City Tour.

 

Às compras!

 

Há quem diga que o preço dos cosméticos importados em Buenos Aires já não vale tanto a pena como antes, mas uma coisa é certa: são mais baratos que aqui, mais fáceis de encontrar, e só de fazer uma viagem internacional você já tem acesso aos free shops, e acreditem, o free shop do aeroporto Ezezia de Buenos Aires é gigantesco, parece shopping e dá pra perder umas duas horas por lá antes de ir pro hotel. Na cidade, as Galerias Pacífico são recheadas de lojas das cobiçadas marcas Dior, Lâncome, Clinique e muito mais. Uma delas fica na rua Florida e é uma tentação! Outra vantagem é que as lojas da M.A.C não são raridade como aqui, têm várias.

 

Degustando os sabores

 

Próximo à rua Florida, na Avenida de Mayo, fica o famoso Café Tortoni, onde é possível degustar maravilhosos croissants doces e cappuccinos expressos com chantili. Pra almoçar, vale apena conhecer o charmoso restaurante La Lola, no nobre bairro Recoleta. Pra jantar as opções são várias no bairro Puerto Madero, lá ficam as churrascarias e o Cassino. Você pode aproveitar para fazer os dois passeios na mesma noite e ainda conhecer o porto, que fica lindo nesse horário. A minha dica pra jantar é a casa Las Lilas ou a Siga Las Vacas. A comida é servida à vontade, as entradas são petiscos variados que vão desde frios, queijos à carpaccio e o prato principal em rodízio é nada mais nada menos que churrasco argentino! E então, alguma dúvida se você deve ou não conhecer as maravilhas de Buenos Aires?

 

Deixe seu comentário



Assista aos programas