Novembro Azul: ACCCOM e Parceiros intensificam ações para prevenção do câncer de próstata

Por Divulgação ACCCOM Publicado em: 04 de novembro de 2015 às 17:00. Atualizado em: 04 de novembro de 2015 às 15:18.

Tags: novembro, azul, acccom, parceiros, intensificam, acoes, para, prevencao, cancer, prostata,

Dia 28 culminará com o Sábado Azul, evento maior para orientações, prevenção e entretenimento

A Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas finaliza o Outubro Rosa com sucesso e iniciará o Novembro Azul com ações em diversas cidades como: Bom Despacho, Divinópolis, Carmo do Cajuru, Iguatama, Oliveira, Piumhi e São Sebastião do Oeste. No dia 28 de novembro, sábado, a entidade uni-se a parceiros para juntos  levarem à comunidade o inédito Sábado Azul, evento que pretende aliar informação sobre saúde com entretenimento, para sensibilizar o público masculino da necessidade de prevenção do câncer de próstata.

 

A partir das 17 horas, na Praça da Catedral, a equipe de Prevenção da ACCCOM e o urologista Dr. Denny Veloso irão informar e orientar sobre a prevenção do câncer de próstata. A entidade realizou parcerias com uma grande academia de ginástica e os educadores físicos vão aferir pressão, pesar, medir e dar dicas sobre alimentação saudável e atividade física. Um grande parceiro da área de cosméticos sorteará diversos brindes para animar ainda mais a festa. Após a missa da Catedral haverá um grande e animado show com a Banda Fator RG7.

 

A enfermeira responsável pela Prevenção da ACCCOM, Sara Lemos, explana sobre o câncer de próstata: “Segundo alguns especialistas, na fase inicial o câncer de próstata não tem sintomas. Aproximadamente em 95% dos casos, ele aparece em estágio avançado. Exames preventivos  são fundamentais para que a doença não seja descoberta em estado adiantado. Homens a partir dos 50 anos de idade ou 45, se houver casos de câncer de próstata na família, devem ser acompanhados por um urologista anualmente. Um desses exames é o toque retal: é rápido e indica se a próstata apresenta algum tipo de alteração e se  detectada, o médico pode solicitar outros exames para confirmar o diagnóstico, como o PSA, Antígeno Prostático Específico. As causas do câncer de próstata ainda são desconhecidas. Normalmente ele apareça em homens com mais de 65 anos de idade.  Caso haja casos na família de parentes próximos, como pai e irmão, o risco sobe para 50%. Portanto é fundamental que seja acompanhado pelo seu médico. Outros fatores como o estilo de vida, alimentação inadequada à base de gordura animal e pobre em frutas, legumes, verduras e grãos, também podem contribuir para a doença. Portanto o Novembro Azul  tem o objetivo de chamar atenção do homem para sua saúde como um todo”.

 

Informações: 37.3229.8324, Prevenção ACCCOM.

 

 

Sobre o câncer de próstata

 

O que é a próstata e qual sua função?

 

É um órgão que só o homem possui, na forma de uma maçã, com o tamanho de uma noz, composto de vários lobos, localizado abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. Sua função é produzir um líquido que é eliminado durante o ato sexual, juntamente com os espermatozoides, que mantém a vitalidade dos mesmos.

 

Que sintomas podem indicar um câncer de próstata?

 

Problemas de ereção, dor na bacia ou joelhos e sangramento pela uretra podem ser suspeitos; caso haja suspeita, os exames indicados são: toque retal e dosagem de proteína do sangue, PSA.

 

Ter um destes exames alterados implica em ter câncer de próstata?

 

Não. O toque retal identifica outros problemas além do câncer de próstata. O PSA tende a aumentar de acordo com o avanço da idade.  De 75 a 80% dos homens com aumento do PSA não têm câncer de próstata.

 

O que um homem com sintomas e mais de 50 anos deve fazer?

 

Deve ir ao médico para investigar esses sintomas. Geralmente, não é câncer, mas somente o médico pode dizer o problema.

 

E os que têm mais de 50 anos, mas não apresentam qualquer sintoma?

 

O paciente e seu médico devem decidir. Alguns médicos recomendam a realização de toque retal e da dosagem do PSA a todos os homens acima de 50 anos. Para aqueles com história familiar de câncer de próstata (pai ou irmão) antes dos 60 anos, recomenda-se realizar estes exames a partir dos 45 anos. Somente o médico pode orientá-lo quanto aos riscos e benefícios da realização destes exames. Não existem evidências de que a realização periódica do toque retal e dosagem de PSA em homens assintomáticos diminua a mortalidade por câncer de próstata.

 

O câncer de próstata pode ser prevenido?

 

Manter uma alimentação saudável, não fumar, fazer exercícios físicos diariamente e visitar regularmente seu médico contribui para a melhoria da saúde em geral e pode ajudar na prevenção deste câncer.

 

O câncer de próstata é hereditário?

 

Menos de 10% dos cânceres de próstata têm hereditariedade. Quanto mais jovem for o homem em quem o câncer for detectado, maior a probabilidade de haver um componente hereditário.

 

Fonte: SBU - Sociedade Brasileira de Urologia; Inca - Instituto Nacional de Câncer  

Deixe seu comentário



Assista aos programas